Escolha uma Página

Os 3 primeiros meses do ano passaram voando, como sempre… Mas para os amantes da sétima arte foi um período muito bom. Boa parte dos filmes do Oscar sendo lançados em circuito comercial no Brasil ali para meados de janeiro e fevereiro.

É bem comum a galera esperar o final do ano para fazer aquela listinha marota com os melhores filmes do ano. Mas chega no natal e ano novo e galera se empaturrou na ceia e bebeu até os cotovelos na virada do ano… será que é fácil lembrar daquele longa Islandês que passou em fevereiro? Ou então do indicado a melhor documentário que nem chegou pra gente no Brasil?

Pensando nisso resolvi trazer os melhores filmes que vi nas telonas no primeiro trimestre. Fui 45 vezes ao cinema neste período então não foi fácil escolher só 10, mas vamos lá….

10 – ZOOTOPIA:

Zootopia

A mais nova animação da Disney surpreendeu muita gente. O longa traz tudo que a gente gosta e mais um pouco. Personagens incríveis, música chiclete, um visual sensacional (o design de produção desse filme está arrasador…). A abordagem sobre preconceito e lutar pelos próprios sonhos é feita de uma forma que vai além do clichê. Agradará crianças  (meninos e meninas) e adultos. Ainda está em cartaz… então corra para o cinema…

09-  CAROL:

Carol

Carol concorreu em 6 categorias no Oscar (e foi pouco). Temos aqui um relacionamento de duas mulheres, algo que era motivo de muito preconceito na metade do século passado (e infelizmente continua sendo até hoje…). O jeito como elas se conhecem e todo o desenvolvimento e troca de forças na relação dá um peso muito grande à história. E isso foi possível graças a duas brilhantes atrizes Cate Blanchett e Rooney Mara. A direção do filme usa ângulos meio escondidos, um tanto tortos e temos uma fotografia e trilha igualmente excelentes. Enfim, é um longa que fala muito e merece ser visto.

08- A BRUXA:

A Bruxa

Um filme polêmico… não pelo tema em si, mas porque boa parte do público não gostou e a crítica adorou. Acho que a galera estava esperando outro tipo de filme e acabou se decepcionando ao ter as expectativas quebradas. O longa vai mais para o lado do drama/suspense que propriamente terror (que está presente e bem presente aqui). A fotografia com luz natural, um roteiro que valoriza cada personagem e atuações magistrais (inclusive de atores jovens e crianças) tornam A Bruxa um dos melhores filmes de terror dos últimos tempos (e o terror aqui é psicológico e não baseado em sustinhos bestas).

07- OS OITO ODIADOS:

Os oito Odiados

O Tarantino não costuma fazer filmes bons… ele só faz filmes de MUITO bons pra cima… e em Os Oito Odiados não foi diferente. Esse filme tem tantos elementos que resumi-lo em poucas linhas é até um crime. Pesa contra as quase 3 horas que não foram tão bem distribuídas. Mas fora isso a obra é quase perfeita. Atores de peso fazendo a atuação da vida. Um roteiro genial (como não foi indicado ao Oscar?), uma fotografia lindíssima – tanto nos ambientes abertos, quanto na cabana – e, é claro, a premiada trilha de Ennio Morricone. Quem é fã do Taranta e não viu essa obra prima está esperando o quê….

06- DEADPOOL:

Deadpool

Quem diria que o filme do mercenário tagarela iria ser um sucesso de crítica e público? Ryan Reynolds se redimiu lindamente. O enredo não é a oitava maravilha e tem clichês? Sim. O vilão é simplório e com motivações fracas? Também. Mas para romper com paradigmas e quebrar tudo, Deadpool precisava se calcar no que nos era familiar. Isso posto ele pode fazer piadas das mais variadas e tornar o Dia Internacional da Mulher uma data temida por 11 entre 10 homens….

05- O MENINO E O MUNDO:

o_menino_e_o_mundo

Filme lançado no começo de 2014, mas relançado agora devido à indicação ao Oscar. Sim, o Brasil teve um representante em uma categoria importante do mais prestigiado prêmio do cinema mundial. E a lembrança pela academia não foi à toa. O que o diretor Alê Abreu fez aqui pode ser definido com uma palavra: arte. A evolução daquele garoto, que mesmo dizendo pouco é extremamente expressivo, viajando por diversos “mundos” é uma experiência artística no sentido mais cru que conheço. Em outros anos (sem o genial Divertida Mente) O Menino e o Mundo poderia ser franco favorito e garantir o primeiro Oscar brazuka.

04- CREED – NASCIDO PARA LUTAR:

creed_destaque

“Mais um filme do Rocky? Será que aquele velho não se enxerga e quer ganhar mais dinheiro?” Mais uma vez Sly teve que se provar e levou muitos ao nocaute com esse primor que foi Creed. Talvez o melhor filme da franquia. Uma direção que trouxe os planos sequência para o ringue. Um roteiro que mesclou nostalgia e novidade no tom certo. E Stallone naquele que talvez seja o melhor papel da carreira… Não vou dizer que o Oscar para o Rylance foi injusto, mas eu ia vibrar, dar soquinhos e saltinhos no ar se o meu velho amigo Rocky subisse para pegar a estatueta…

03 – O QUARTO DE JACK:

O Quarto de Jack

Há uma cena no meio deste filme que fez o cinema inteiro ter a mesma reação: um suspiro seco, olhos arregalados e mãos na boca. E várias outras foram muito marcantes. Não é exagero dizer que passei a enxergar o mundo (tamanho, significado das coisas, relacionamento com as pessoas) diferente depois de ver O Quarto de Jack. Jacob e a Brie atuam de forma visceral (ele talvez tenha a melhor atuação infantil que eu já vi) e a entrega dela foi premiada com toda justiça no Oscar. As referências, a arte e as metáforas ditas ao longo da obra tornam um longa com um baixo orçamento algo épico e memorável.

02- ANOMALISA:

Anomalisa capa

Talvez esse filme tenha passado batido para muitos de vocês. Afinal uma animação legendada e com censura 16 anos não é algo comum… Mas posso garantir que temos simplesmente a perfeição diante dos nossos olhos. A animação em stop motion, que é espetacular, é apenas um detalhe diante da grandiosidade do todo. Sem querer desmerecer o trabalho desgraçado que os caras tiveram, mas o que essa história conta e da forma que o fez é algo fora do comum. Nunca a mente de um homem foi tão bem abordada. E Anomalisa, sim com “bonequinhos”, teve uma das melhores cenas de sexo que eu já vi nas telonas. Anomalisa é definitivamente uma anomalia ante uma produção tão pasteurizada que vemos por aí…

01 – SPOTLIGHT – SEGREDOS REVELADOS:

spotlight elenco

Fui um dos poucos que apostou em Spotlight para melhor filme no Oscar e tive o prazer em vê-lo consagrado com a premiação principal. E não é para menos: todos os elementos estão no lugar e não há falhas aqui. Mexer com um tema tão delicado, pedofilia cometida por padres, não é tarefa para qualquer um. Parabéns para quem escolheu o elenco deste filme. Desde os nomes de mais peso como Michael Keaton e Mark Ruffalo até os que participam dando apenas um depoimento, estão perfeitos aqui. E o roteiro? Ah o roteiro….. que aula. Quem quiser ter um exemplo de bom roteiro siga o que foi feito neste filme. 10/10 fácil.

Bem galera, esta foi a minha lista. O que eu gostei deste começo de ano foi que tivemos filmes para todos os gostos: Os Oito Odiados é bem diferente de O Menino e o Mundo, Anomalisa é bem diferente de Zootopia…e por aí vai…. E vocês: concordam com o meu ranking? Discordam? Muito pelo contrário? Postem a lista de vocês nos comentários… falem que filmes viram e quais vocês apostam que estarão nas próximas….

Gostou da matéria? Apoie o Acabou de Acabar no Patreon!

Comments

comments