Escolha uma Página

Hoje é o aniversário de uma das maiores tragédias navais de todos os tempos. No dia 14 de abril de 1912, o RMS Titanic atingiu um iceberg e afundou por completo no Oceano Atlântico, entrando para sempre na história.

O desastre virou notícia no mundo inteiro e ficou preservado na nossa memória não apenas pelos registros históricos, mas também graças a vários livros e filmes que foram lançados para recontar esse episódio trágico. É muito provável que você já tenha visto a obra mais famosa que narra a história do navio: Titanic, de James Cameron, lançado em 1997. Com um sucesso de bilheteria gigantesco, o longa-metragem é um marco na história do cinema, tendo ajudado a consolidar na memória de uma nova geração o destino do famoso navio.

Mas o Titanic de James Cameron ganhou tanto renome que, de certa forma, acabou ofuscando outras adaptações cinematográficas que tratam desse assunto. Afinal, o naufrágio do navio já foi recontado por mais de 15 filmes e séries de TV.

Se você nunca ouviu falar de nenhum deles, aqui estão quatro que foram marcantes:

1 – “Saved From The Titanic” (1912)

Este foi o primeiro filme da história a recontar o naufrágio do Titanic. Trata-se de um curta-metragem de 10 minutos lançado apenas 29 dias após o acidente do navio. E o relato na telona foi feito por ninguém menos do que uma verdadeira sobrevivente da tragédia: Dorothy Gibson, a mulher que escreveu e estrelou o curta, era uma atriz que estava a bordo do Titanic na noite em que ele atingiu o iceberg.

Saved From The Titanic

Gibson se salvou por ter entrado no primeiro bote salva-vidas a ser lançado ao mar. Ao chegar em Nova York, ela começou a preparar o filme, no qual interpretou uma versão ficcionalizada dela mesma para recontar o que ela viveu no dia do naufrágio.

Saved From The Titanic foi um sucesso, tendo sido distribuído para exibição no mundo todo. Infelizmente, hoje esse curta-metragem é um filme perdido, pois as únicas cópias disponíveis dele foram queimadas em um incêndio de estúdio em 1914.

2 – “Titanic” (1943)

Esse longa-metragem alemão se aproveitou da história do Titanic para criar um filme de propaganda nazista. Supervisionado pelo próprio Joseph Goebbels, o ministro da propaganda de Adolf Hitler, Titanic tem como herói um oficial fictício do navio que, é claro, é alemão. E o longa-metragem distorce os acontecimentos para vilanizar os britânicos da White Star Line, a empresa responsável pelo navio. Em particular, Bruce Ismay, o presidente da companhia, que estava a bordo do Titanic, é representado como um ganancioso e covarde que teria sido o grande responsável pelo naufrágio.

Pra deixar bem claro ao público o nível de canalhice dos inimigos de guerra da Alemanha, o filme termina com um dramático epílogo. “A morte de 1500 pessoas permanece impune, um eterno testamento da busca sem fim por lucros da Grã-Bretanha.”

3 – “Náufragos do Titanic” (1953)

Levou um bom tempo até ser lançado um longa-metragem que narrasse o destino do Titanic. E quem leva esse título é esta produção de 1953. Antes dela, outros filmes haviam sido feitos, mas com histórias apenas inspiradas na do Titanic, como no caso de Atlantic (1929), que mudou o nome do navio  e dos personagens reais.

Este longa-metragem americano narra a história de Julia Sturges (Barbara Stanwyck), uma americana insatisfeita com a vida na Europa e que decide voltar aos Estados Unidos com os dois filhos. Mas o marido dela acaba comprando um tíquete para o Titanic também e o casal precisa se resolver durante a viagem do navio destinado a afundar.

Uma curiosidade interessante é que Náufragos do Titanic quase perdeu o posto de primeiro longa-metragem da história sobre a tragédia de 1912. Em 1939, ninguém menos do que Alfred Hitchcock foi designado a dirigir um filme sobre a história do navio, a primeira obra do diretor em Hollywood. Mas era a véspera da Segunda Guerra Mundial e, por isso, oficiais britânicos protestaram contra a produção, alegando que não seria adequado retratar um desastre marítimo naqueles tempos de tensão bélica. Por conta disso, Hitchcock acabou dirigindo Rebecca, uma de suas obras-primas.

4 – “Somente Deus Por Testemunha” (1958)

Até o lançamento do Titanic de James Cameron, Somente Deus Por Testemunha era considerado o mais memorável filme a narrar a tragédia do navio. O longa-metragem foi baseado no livro A Night To Remember, de Walter Lord, tido até hoje por muitos como o melhor livro sobre o naufrágio.

Ele teve muito sucesso não apenas pelo nível e pela qualidade da produção, mas também por ter sido considerado o relato cinematográfico mais fiel aos acontecimentos reais. E Somente Deus Por Testemunha foi também um filme que inspirou muito o próprio James Cameron. Ele mesmo admitiu, por exemplo que “roubou” do filme de 1958 a cena da banda tocando enquanto o Titanic termina de afundar. Além disso, é possível perceber semelhanças também entre os dois filmes nas cenas em que se mostra de longe o navio submergindo aos poucos.

——————-

Gostou de descobrir esses outros filmes sobre o Titanic? Se você tem curiosidade em explorar o tema ainda mais, você deveria conferir o novo episódio do meu canal no YouTube, o EntrePlanos! Nele, eu faço uma análise sobre o que é fato e o que é ficção no Titanic de James Cameron. Clica aí!

Gostou da matéria? Apoie o Acabou de Acabar no Patreon!

Comments

comments